15 de nov de 2010

Feliz dia da Mulher

- Então Gaby, tudo certo pra festEnha?

- Tudo perfeito, amigaaa!

- Tá, então vou terminar de me arrumar, a gente se encontra lá!

Xiriguidum, festa com bebida liberada é tudo de bom! Ainda mais que só as mulheres bebem de graça, então não vai ter tanto bêbado enchendo o saco. Apesar de que o banheiro vai ficar um nojo. Azar, eu gosto. Deixa eu dar um “conferes”: vestidinho preto indefectível, botinha no jeito, a plástica capilar ficou um espetáculo, maquiagem perfeita...

"eu vou sair por aí, me divertir,

a noite me esperaaa"...

Péra, essa parada de música é lá dos “Contos Ele e Ela”... hihihi.

A noite promete ser perfeita, espero encontrar um gatEnho bem gatEnho e com nome normal.(Entrando na festa)

- Documento de identidade, por favor, preciso colocar o nome na ficha de consumição.

- Mas moço, não é bebida liberada pras meninas? Hoje é Dia Internacional da Mulher e é aniversário da Gaby!

- É frozzen liberado na área restrita às meninas, as demais bebidas são pagas. E o aniversário da Gaby não é feriado.

Drooooooooooga, só trouxe dinheiro pro táxi da volta.

- Tá aqui, moço.

- Julieta Cristina... anotado, pode entrar. Próxima! (Gaby entrega a identidade, porteiro dá um sorrisinho)

- Paula Gabriela... ok, pode entrar. Próxima! Késsia... certo, pode entrar.Próxima! Que gente com imaginação pra nomes, hein?(amigo entrega a identidade)

- Fagner? Só melhora... anotado, pode entrar. Próximo! Orlindo? Ah não,vocês tão de sacanagem! (Orlindo, emputecido)

- Qual é o problema, Francistônio? Qual é o problema com os nossos nomes? (Porteiro envergonhado, fecha a cara)

- Nenhum, senhor, foi só uma brincadeirinha pra descontrair.

- Certo, já tô descontraído, posso entrar?

- Sim senhor, boa festa.

Caraaaaaaaaa, que balada! Só os bonitos, todo mundo fazendo zóinho.

- Gaby, vamos buscar frozzen?

- Já é, amiga!

- Moço, me vê um frozzen de morango? E um de kiwi pra minha amiga.

Credo, isso é raspadinha ou frozzen? Se a intenção é embebedar a mulherada, vou ter que dar uma força...

- Moço, tem como colocar uma vodcazinha aqui? Tá tão fraquinho...

- Claro, gatinha! Uia, e olha que ele é fofo! De repente, no fim da noite... Vai saber...

Não creio, o guri deixou a garrafa de vodca em cima do balcão e saiu? Ah não, deu mole, não convém desperdiçar a chance...

- Gaby, se liga: vou pegar um frozzen pra Késsia, fica atrás de mim que vou te passar a garrafa e um copo vazio, tá?

- Cris, não acredito que tu vai ter essa cara de pau!

- Ah, fala sério, isso tá um qui-suco congelado! Quero ficar mais faceira que mosca em tampa de xarope, o jeito é subfaturar a vodka!

- Tá, mas se o rapaz perceber eu saio correndo!

- Certo, medrosa.

- Fofo, queria levar uma frozzen de limão pra minha amiga...

- Linda, leva quantas você quiser!

(Xi-ri-gui-dum, além de ganhar o gatinho vou embebedar a galera!)

- Vai Gaby, enche logo esses copos!

- Feito.

- Obrigada, lindinho.

- De nada, princesa, mas depois você volta aqui, tá?

- Certo que volto!

Feito, a galera tá se jogando nos frozzen batizados, o gatinho do bar tá na minha, a música tá boa... O que mais posso eu querer? Ai saco, o Beto. Ai saco de novo, ele tá vindo pra cá. Merda, o que esse mala quer agora?

- Cris, como você tá linda!

- Valeu.

- E aí, quer dar uma volta?

- Quero sim, mas não contigo.

Consegui, cortei o Beto pela primeira vez na vida! Acho que tô curada! Ah não, vou lá dar um pega no guri do bar, eu mereço! Aliás, nem preciso ir, ele tá vindo pra cá!

- Oi gatinha, vem sempre aqui ou sabia que eu vinha?

- Fofo, se eu soubesse que você tava aqui eu tinha vindo mais cedo...

- Como é o teu nome?

- Cris, e o teu?

Medo.

- Alessandro.

- Alessandro? Sem segundo nome nem nada?

- Nada, só Alessandro, por quê?

- Por nada... é que tenho um primo chamado Tadeu Alessandro, mas seria muita coincidência, né?

- Seria mesmo... Deve ser foda ter nome esquisito, né Cris?

- Deve sim, deve ser horrível...

0 comentários: